Parceiros

Alcamo: “Programa Digital Partners foi uma aposta ganha”

A Alcamo, empresa de consultoria em Gestão com sede em Alcácer do Sal, é Parceiro Sage desde a sua fundação. A aposta no digital passou pela adesão ao Programa Digital Partners. “Permitiu-nos fazer um rebranding à nossa imagem e ajudou-nos a fortalecer a nossa presença no mercado”, justifica Joaquim Mestre.

A Alcamo, criada no final de 2002 em Alcácer do Sal por Joaquim Mestre e Rui Gamboias, é uma empresa que surgiu da constatação por parte dos seus fundadores de que a assistência dada na altura às soluções Sage deixava algo a desejar.

Quando a empresa abriu as suas portas, em 31 de outubro de 2002, foi desde logo como Parceiros Sage “mais direcionados para o mercado dos gabinetes de contabilidade”, recorda Joaquim Mestre. E a verdade é que a empresa teve imediatamente um grande crescimento: “em 2003, nesta zona, não havia mais nenhuma empresa a trabalhar nessa área e, com os conhecimentos que tínhamos [Joaquim Mestre e o seu sócio são ambos contabilistas certificados], isso constituiu uma vantagem competitiva.”

Desde sempre que a filosofia da Alcamo consistiu em fazer parcerias e partilhar conhecimento com as outras empresas de informática na sua área geográfica – uma estratégia que deu frutos porque, como refere Joaquim Mestre, “continuamos hoje com muitas dessas parcerias”.

Os primeiros Clientes da empresa foram essencialmente os gabinetes de contabilidade, mas, com o passar do tempo, a Alcamo foi diversificando a clientela. “Hoje em dia, e devido em parte ao facto de que na área geográfica onde nos encontramos serem predominantes as microempresas (e, maioritariamente, agrícolas) a aplicação que mais vendemos é o Sage 50cloud”, explica.

 

“As soluções Sage adaptam-se às necessidades das empresas”

Prova do sucesso desta abordagem e postura perante o mercado é que a empresa tem ainda hoje Clientes que a acompanham desde o início e que foram evoluindo com Alcamo… e com a Sage. “Ou seja, começaram com aplicações com menos funcionalidades e, à medida que o negócio foi evoluindo, a Sage também acompanhou essa evolução e correspondeu às expectativas e necessidades que foram surgindo”.

Joaquim Mestre vê o caminho do online no futuro dos seus Clientes. Isto apesar de Alcamo ter entre os seus Clientes muitos que estão localizados em zonas mal servidas por ligações à Internet. “Isso faz com que a evolução seja um pouco mais lenta, não porque não se queira, mas porque não existem condições para tal; ainda existe um longo caminho a percorrer, mas acho que o futuro passa pelo online e quem não o fizer acabará por ficar para trás – seja qual for o seu ramo de negócio.”

“Na Alcamo, achamos que o futuro irá também passar muito pela especialização e pela consultoria, pois cada vez mais notamos que os Clientes procuram quem os ajude e aconselhe nas decisões e processos a implementar nas suas empresas, para tirarem o maior partido das ferramentas que nós, e a Sage, temos para lhes oferecer”, explica Joaquim Mestre. “Hoje, não basta fazer faturas ou lançamentos na contabilidade – é preciso sermos práticos, maximizar os recursos disponíveis nas empresas e facilitar processos internos – e é isso que as soluções Sage fazem: adaptam-se às necessidades, quer seja de uma microempresa ou de uma empresa maior e mais complexa”, refere.

 

“A aposta da empresa no digital conta com o apoio da Sage”

A aposta da empresa no digital passou também pela adesão ao Programa Digital Partners, em meados de 2021. “Apesar de já possuirmos uma presença online, achámos que era um projeto interessante e que nos poderia trazer vantagens. E foi isso que aconteceu”, recorda Joaquim Mestre.

“Achamos que foi uma aposta ganha, que nos permitiu fazer um rebranding à nossa imagem e que nos ajudou a fortalecer a nossa presença; continuamos a apostar no online através de campanhas nas redes sociais, para as quais contamos com o apoio da Sage”, conclui.

 

Saiba mais sobre a Alcamo aqui.