Agenda

Jazz em Agosto 2021 

Depois de um ano de interregno, o Jazz em Agosto está de regresso à Fundação Gulbenkian a partir de 29 de julho. A 37.ª edição volta a dar a conhecer as múltiplas identidades do jazz contemporâneo.

A 37.ª edição do Jazz em Agosto, de 29 de julho a 8 de agosto, será marcada pela presença do saxofonista e artista plástico alemão Peter Brötzmann, de 80 anos, e pela “energia vital” do icónico álbum Machine Gun, de 1968, considerado uma das obras maestras do free jazz. O concerto de abertura da 37.ª edição do festival Jazz em Agosto (cujo design gráfico é igualmente assinado por Peter Brötzmann), será assegurado pelo trio formado pelo referido saxofonista, juntamente com o baterista Han Bennink (que também participou em Machine Gun) e o pianista Alexander von Schlippenbach.

Depois de um ano de interregno, o Festival apresentará 14 novas propostas, incluindo nomes nacionais, tais como os trompetistas Luís Vicente e Susana Santos Silva, Pedro Moreira Sax Ensemble ou o músico Gabriel Ferrandini, entre outros. Segundo a organização, o Jazz em Agosto  “retoma a sua vocação natural de tomar o pulso ao jazz que hoje se faz e que não se conforma em repetir o passado e assume o compromisso de reforço da presença de projetos portugueses, com a satisfação de os ver ombrear com os mais inventivos grupos a operar no Velho Continente”, diz o director artístico Rui Neves.

Na sequência das obras que decorrem no Centro de Arte Moderna e que impossibilitam a utilização do Anfiteatro ao Ar Livre, este ano o Jazz em Agosto decorre dentro de portas, no Grande Auditório e Auditório 2 do Edíficio-Sede.

 

Mais informação aqui.