Agenda

5 livros para o novo ano de Bill Gates

Nas suas recomendações de leitura para o Verão, o milionário e filantropo Bill Gates havia escolhido 5 obras focadas na pandemia e nas suas consequências económicas. Desta vez oferece-nos uma lista mais diversificada que aborda grandes histórias de liderança que, segundo ele, “permitem começar o ano com um tom mais otimista”.

 

 

Range: Why Generalists Triumph in a Specialized World, por David Epstein

O jornalista de desporto David Epstein, baseia-se nas histórias de êxito de figuras icónicas, que vão desde o biólogo Charles Darwin ao tenista Roger Federer, para defender a tese que os “generalistas” estão melhor preparados para lidar com a mudança e a inovação do que os “hiper-especialistas”. Gates concorda com o autor e defende que “o mundo precisa de mais pessoas com visão de largo espectro, que integre diversas experiências e perspetivas”.

 

 

The Splendid and the Vile: A Saga of Churchill, Family, and Defiance During the Blitz, por Erik Larson.

A obra incide sobre os anos mais negros da Segunda Mundial (entre 1940 e 1941), durante os quais os britânicos, entrincheirados em bunkers, procuravam resistir estoicamente aos bombardeamentos noturnos da aviação alemã. O autor considera que o primeiro-ministro Winston Churchill foi a razão número para a perseverança e a capacidade de resiliência dos britânicos. Gates acrescenta que hoje o mundo volta a precisar deste tipo de liderança.

 

The New Jim Crow, por Michelle Alexander

Apesar de ter sido publicado há cerca de uma década, Gates considera este livro – um ensaio sobre as causas profundas do racismo nos Estados Unidos – particularmente atual, num ano marcado pelas mortes de Breonna Taylor e George Floyd e pela emergência do movimento Black Lives Matter. Gates refere que gostaria de saber a opinião da autora sobre “até que ponto a onda global de protestos poderá finalmente gerar uma sociedade mais igualitária”.

 

Book-The-Spy-Ben-Macintyre

 

The Spy and the Traitor: The Greatest Espionage Story of the Cold War, por Ben MacIntyre

O livro decorre durante o ano de 1983, no qual as tensões entre os Estados Unidos e a União Soviética colocaram o mundo no limiar de uma guerra nuclear, algo que, segundo o autor, só não terá acontecido devido à ação individual de Oleg Gordievsky, um espião da KGB. Gates diz que precisamos deste tipo de pessoas bravas e corajosas, que lutam pela verdade a qualquer preço, em nome de um bem maior.

 

 

Breath from Salt: A Deadly Genetic Disease, a New Era in Science, and the Patients and Families Who Changed Medicine Forever, por Bijal P. Trivedi

Este livro é dedicado à fibrose quística, uma doença genética que ataca gravemente os pulmões e que é caracterizada pela produção de suor com alta concentração de sal e secreções mucosas. A obra presta tributo aos investigadores, médicos, fisioterapeutas, pacientes e familiares, que combatem esta doença. “São histórias inspiradoras de heróis. Conheceremos seguramente muitas mais, quando esta pandemia terminar”, diz Bill Gates.

 

Ver video “5 Good Books for a Lousy Year”
https://www.youtube.com/watch?v=zxlx8aZJ6mE

Ver outros livros recomendadas por Bill Gates
http://partnews.sage.pt/2020/06/5-livros-recomendados-por-bill-gates/