Notícias

Resultados Sage no Primeiro Semestre

Estamos satisfeitos com o nosso progresso nesta primeira metade do ano fiscal de 2020. A incerteza do momento teve o seu impacto, mas confiamos na nossa estratégia e na resiliência financeira do negócio.

A Sage anunciou os  resultados financeiros  para a primeira metade do ano fiscal de 2020. Quero começar por agradecer o facto de ser Parceiro da Sage e de assim ter contribuído para os grandes progressos a que assistimos nestes primeiros seis meses. 

Os resultados que anunciámos ontem são positivos: 

  •     Importante crescimento das receitas recorrentes, com um aumento superior a 10%; 
  •     As receitas recorrentes representam agora quase 90% das receitas totais. Ao longo dos últimos 18 meses passámosde  44% de receitas por subscrição para os 62% até ao momento; 
  •    Forte capacidade de geração de caixa eemais de £1b de liquidez disponível.

Como sabe, o nosso objetivo na Sage é de nos tornarmos numa grande empresa SaaS, tanto para Clientes como para Colegas.  

Desta primeira metade do ano sublinhamos os seguintes aspetos do nosso progresso estratégico: 

  •     Para potenciar o sucesso dos nossos Clientes, investimos numa experiência de cliente “end-to-end”, recorrendo a novos modelos de trabalho, processos mais eficientes e tecnologia de ponta. Esta abordagem ajudou-nos a responder de forma mais eficiente ao impacto da COVID-19, permitindo-nos fornecer apoio e conselhos à medida das necessidades dos nossos Clientes;
  •     Para potenciar o sucesso dos Colegas, continuámos a edificar uma cultura centrada no Cliente, enraizando os nossos valores e investindo no seu desenvolvimento. O envolvimento forte dos Colegas tem sido central para a resposta da Sage à COVID-19, tanto na transição para o teletrabalho como no apoio continuado aos Clientes;

Mais recentemente começámos a ver o impacto da Covid-19. Esta é, em primeiro lugar, uma crise humanitára e estamos a assistir a um efeito profundo nas vidas das pessoas em todo o mundo. Acredito que fomos capazes de demonstrar o que podemos fazer pelos nossos Clientes, pela Comunidade e pelos nossos Colegas.  

Contudo, a pandemia trouxe também uma considerável incerteza económica, que terá um impacto sobre o nosso negócio. Ainda há muita coisa que não sabemos e que não podemos controlar nesta entrada da segunda metade do ano. Continuaremos a gerir o negócio com os olhos postos no longo prazo, mas mantendo disciplina financeira. Neste momento não temos intenção de usar as medidas de apoio governamentais ou de reduzir o número dos nossos trabalhadores em resultado da Covid-19.  

Acredito que para a Sage, para os seus Clientes e Parceiros, existe uma grande oportunidade a longo prazo. Por isso continuaremos a investir nos nossos Colegas, nos Clientes, na inovação e, claro, nos nossos Parceiros. Sem vocês isto não seria possível. 

Estamos satisfeitos com o nosso progresso nesta primeira metade. A incerteza do momento teve o seu impacto, mas confiamos na nossa estratégia e na resiliência financeira do negócio.  

Renovo os meus votos de agradecimento pela sua parceria com a Sage durante esta primeira metade.

 

Steve Hare
CEO Sage