Blog Sage

2020: O ano da Automação Robótica de Processos

Denomina-se por Automação Robótica de Processos (RPA) o processo de automatização das tarefas mais simples e repetitivas, como a recolha de dados de um ficheiro e a sua posterior introdução numa aplicação empresarial, por exemplo.

“Quando falamos de RPA, não nos referimos a um robot físico. Falamos de uma abordagem para trabalhar em diversas aplicações e softwares e entrar, manter, migrar, integrar e extrair dados em folhas de cálculo. É o equivalente a um colaborador que nunca dorme, come ou comete erros em tarefas que necessitam de ser repetidas com frequência.” Aaron Harris, CTO da Sage

Atualmente, apenas as grandes empresas utilizam a Automação Robótica de Processos numa escala considerável. Em 2020, vamos começar a observar a sua utilização também em pequenas e médias empresas. As receitas de software dedicados à RPA cresceram até aos 846 milhões de dólares em 2018 e até aos 1.300 milhões em 2019. De acordo com dados obtidos pela Gartner, este aumento significativo faz com que este seja o segmento com o crescimento mais rápido no mercado laboral de software empresarial.

A RPA melhora a eficácia no desenvolvimento de tarefas repetitivas e automatizadas. “Dois terços dos processos financeiros estão agora automatizados, de uma forma ou de outra. O restante terço é ocupado por pedidos de informação ad hoc ou humanos”, destaca Aaron Harris. “O próximo passo da RPA é automatizar esses processos. Assim, o resultado será uma gestão de tempo mais útil e eficaz para cada um dos atores implicados nas tarefas”.

Durante os próximos anos, mais empresas com visão de futuro vão começar a partilhar os seus resultados financeiros em tempo real, desbloqueando assim o potencial que há em proporcionar acesso imediato à saúde financeira de uma empresa. Esta é uma previsão baseada no desejo que algumas das grandes empresas tornaram claro: a transparência financeira. A RPA é uma das várias tendências que fomentam um futuro mais automatizado. Os outros fatores chave são a Inteligência Artificial e a transformação digital, que ajudam os profissionais a redesenhar os processos para aproveitar as capacidades digitais, aliviando a carga administrativa e os relatórios.

Aceda ao ebook sobre a Inteligência Artificial aqui.

 

Keir Thomas-Bryant  é o especialista dedicado da Sage sobre as questões que afetam as Pequenas Empresas e Contabilistas, com mais de duas décadas de experiência profissional como jornalista e dono de pequenas empresas.