Agenda

Este é o mês de Madonna ao vivo em Lisboa

A rainha da pop Madonna começa a digressão europeia “Madame X” com oito concertos no Coliseu de Lisboa, a cidade que a inspirou a compor o seu último álbum, que é um tributo à cultura lusófona e latina.

A digressão mundial “Madame X” arrancou a 17 de setembro do ano passado em Nova Iorque, cidade que Madonna adotou como casa no final dos anos 70, seguindo depois para Chicago, São Francisco, Las Vegas, Los Angeles, Filadélfia e Miami. De Janeiro a Março a artista atuará finalmente na Europa, com 37 concertos agendados, em salas mais pequenas e intimistas, de Lisboa, Londres e Paris.

A primeira etapa da digressão europeia terá como palco o Coliseu dos Recreios, onde a rainha da pop irá atuar nos dias 12, 14, 16, 18, 19, 21, 22 e 23 de janeiro, acompanhada por vários músicos portugueses, tais como o guitarrista Gaspar Varela, bisneto de Celeste Rodrigues – fadista de quem a artista norte-americana é admiradora -, a trompetista Jessica Pina e o percussionista Carlos Mil-Homens. De destacar também as colaborações do percussionista cabo-verdiano Miroca Paris, antigo colaborador de Cesária Évora e do colectivo de mulheres cabo-verdianas Batukadeiras de Portugal, cuja atuação é um dos momentos altos do espetáculo.

Foi em Lisboa que a artista bebeu inspiração para esta digressão, que é baseada no seu 14º álbum de originais intitulado “Madame X” e produzido com a colaboração do produtor francês Mirwais. Impulsionada pelo seu amigo Dino D’Santiago, Madonna mergulhou no mundo do fado e da música cabo-verdiana, traduzindo essa mistura de influências para a sua linguagem pop em canções como ‘Batuka’, gravada com a colaboração da referida Orquestra Batukadeiras de Portugal, ‘Killers Who Are Partying’ com a guitarra portuguesa de Gaspar Varela em evidência, ou a versão de ‘Faz Gostoso’ de Blaya, cantado em dueto com a brasileira Anitta.

Tanto o álbum como a digressão “Madame X” são assumidamente influenciados pela vivência da artista em Lisboa, onde contactou com a cultura lusófona e latina. É, portanto, uma Madonna um bocadinho mais portuguesa aquela que, desta vez, subirá ao palco do Coliseu dos Recreios.

 

MADAME X TOUR 2020

  • Lisboa, Coliseu dos Recreios
    • 12, 14, 16, 18, 19, 21, 22 e 23 de janeiro
  • Londres, The London Palladium
    • 27, 29, 30 de janeiro; 1,2,4, 5,6,8,9, 11, 12, 13, 15 e 16 de fevereiro
  • Paris, Le Grand Rex
    • 20,22, 23, 25, 26, 27, 19 de fevereiro; 1, 3, 4, 7, 8, 10 e 11 de março