Blog Sage

Sem numerário, com sucesso

Sem numerário não significa sem lucro. Pelo contrário, cerca de 37% dos portugueses admitem já estar a utilizar os pagamentos contactless. Descubra porque os Partners devem aconselhar os seus clientes a aderir aos negócios cashless.

Um negócio sem numerário, ou cashless, consiste em deixar de aceitar dinheiro vivo e em abandonar de vez a caixa registadora tradicional. Há cada vez mais lojas que estão a dar preferência a este formato de pagamento através de cartões ou do telemóvel. E do lado dos clientes finais os dados também são otimistas. Segundo um estudo recente da VISA, cerca de 37% dos portugueses admitem utilizar o cartão contactless para efetuar transações.

O aumento das soluções de pagamento mobile e contactless abriram a oportunidade a cada vez mais negócios, designadamente os pequenos comércios. Veja que perguntas deve fazer aos seus clientes antes de lhes recomendar a passagem para um negócio cashless.

 

Os seus clientes aprovarão este tipo de pagamento?

Os clientes são a alma do negócio. Caso os seus clientes não estejam familiarizados com este tipo de pagamentos, ou caso se trate de um mercado em que estas práticas ainda não estão disseminadas, o Partner deverá ter a tarefa extra de educar os seus clientes para esta nova tecnologia. Não esqueça que as novas gerações de consumidores estão cada vez mais abertas aos pagamentos contactless e mobile, que se tornarão uma prática comum.

 

Quantos pagamentos o seu cliente processa atualmente através do Multibanco?

Caso o seu cliente raramente tenha a necessidade de lidar com dinheiro vivo, a mudança para um sistema cashless poderá, na realidade, ser extremamente simples. Opte por aconselhá-lo a experimentar os sistemas cashless para confirmar como esta nova tecnologia se adapta ao seu negócio. Assegure-se que conhece profundamente o funcionamento destes sistemas de pagamento, para que o atendimento ao cliente seja ideal.

 

Que tipo de processo de pagamento utiliza o seu cliente?

Pagamentos sem numerário são mais rápidos e tornam-se em interações mais simples e ágeis com os consumidores. Ao eliminar os trocos, o tempo que os seus clientes passam no processo de pagamento diminuirá e a satisfação aumentará, proporcionalmente. Aconselhe aos seus clientes a eliminar o desnecessário e a acelerar os processos de pagamento.

 

O seu cliente equaciona tornar-se num negócio paperless?

Os consumidores estão cada vez mais conscientes e atentos às práticas sociais e ambientais das empresas. Segundo um estudo publicado em Sustainable Brands, cerca de três quartos dos consumidores mundiais acreditam que as suas compras geram um impacto positivo em assuntos sociais ou ambientais. Por exemplo, disponibilizar faturas digitais por e-mail é algo que causa boa impressão junto dos consumidores e aligeira a pegada ambiental do negócio.

 

O seu cliente está preparado para a transição?

Uma explicação concisa sobre as razões comerciais para a mudança poderá ser o elemento que falta para que os seus clientes adiram aos sistemas de pagamentos cashless. Passe-lhes uma lista de argumentos convincente e esteja preparado para responder às suas dúvidas.

 

Ashley Hindsman é a especialista da Sage dedicada à gestão financeira de Pequenas e Médias Empresas. Leia mais artigos do Blog Sage Advice aqui.