Notícias

Widepartner: a fusão que nasceu para acompanhar a Sage

A Widepartner foi criada exclusivamente para ser Parceira Global Sage. Nascida da extinção da portuguesa Sistemas Ideais e da fusão com a InCentea España e GreenLeaf, hoje a Widepartners está presente em sete países, tem quatro escritórios em Portugal e é Sage Platinum Reseller, uma distinção importante dentro do ecossistema de Parceiros Sage.

Widepartner é uma empresa portuguesa, criada a partir de uma Parceria entre outras empresas já existentes no mercado, concebida com a ambição de ser “um Parceiro Global da Sage”. Quem o diz é Fabricio Nobre, Partner em Global Marketing & Sales da Widepartner. Fazem parte da fusão, as empresas Sistemas Ideais, inCentea España e a GreenLeaf. No ecossistema tecnológico português, foi a Sistemas Ideais que deu lugar à Widepartner, extinguindo-se para assumir o novo nome e Parcerias.

A Widepartner propõe-se a implementar sistemas de informação em vários setores – destacam-se a Produção, Distribuição, Retalho e Serviços – e está presente em Portugal, Espanha, Brasil, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Angola e Moçambique.

 

Serviços oferecidos

De entre as soluções que a Widepartner oferece, destaca- se a gestão integrada do universo Sage: X3, X3 People e XRT Treasury. Tendo como cliente-alvo as pequenas e médias empresas, as soluções passam pelo Sage for Accountants, Sage 50c, Sage 100c e Sage Retail.  A Widepartner dá ainda outras respostas com foco na adaptação de Sistemas de Informação complementares ao Enterprise Resource Planning (ERP) de cada empresa, desde a recolha de dados em chão de fábrica a avisos automáticos de cobranças.

Sistemas Ideais, inCentea España e GreenLeaf, segundo Fabricio Nobre, tinham “objetivos semelhantes” e “não bastava terem um reconhecimento regional, mas sim uma aliança global, que permitisse aos nossos clientes expandirem a sua presença em várias regiões”.  O reconhecimento entre pares e uma colaboração tradicional não chegavam para as três empresas estarem satisfeitas. Daí surge a necessidade de se juntarem para algo mais, “unindo a experiência e a especialização no portfólio de solução Sage e na sua implementação”. 

O representante sublinha que “as empresas juntas conseguiam estar melhor preparadas para responder aos desafios dos seus clientes, nomeadamente a internacionalização”, justificação suficiente para a Widepartner nascer.  O grupo inCentea, detentor da Widepartner, engloba um conjunto de empresas de prestação de serviços nas áreas das Tecnologias de Informação e Comunicação, Marketing e Inovação, Consultoria de Negócio e Engenharia de Produto. Segundo o representante de Global Marketing & Sales, “cada uma destas unidades de negócio tem uma forte presença de liderança no mercado nacional, no entanto, faltava obter a liderança no mercado Sage”. A nova organização vem responder a essa lacuna.

 

Potencial para crescer

Desenvolver aplicações complementares às da Sage, com o objetivo de otimizar os processos de negócio dos clientes, já valeu à Widepartner “o estatuto de Platinum Reseller e evidência entre os maiores Parceiros Sage em Portugal”, cumprindo-se a primeira fase do objetivo de vir a ter um lugar de destaque a nível global.

Há uma “estratégia de crescimento e diversificação” na premissa da Widepartner, e Fabricio Nobre é ambicioso: “o principal objetivo é ser o melhor Parceiro Sage nas regiões onde atuamos, através da entrega de serviços de qualidade e rigor”. Além disto, o percurso faz-se procurando ser “uma forte alavanca tecnológica para os clientes e apoiá-los no crescimento dos seus negócios nacionais e globais”. Para isto, é preciso estabelecer filiais noutros mercados – a Widepartner assume que essa é uma “aposta constante”. 

Já foram conquistados vários países lusófonos e a vizinha Espanha também. O que se segue são “os mercados da América Latina, Leste Europeu e Africano”, onde ponderam estabelecer-se. Para já, são sete países onde a Widepartner já vê o seu trabalho em prática. Hoje a empresa tem escritórios em Portugal, Espanha e Moçambique; por cá, são quatro – em Lisboa, Leiria, Porto e Braga. No total, são cerca de meia centena de trabalhadores “dedicados ao mundo Sage” a trabalhar nestes escritórios.

A história da Widepartner é recente, tem cerca de um ano, e por isso ainda há que testar o terreno antes de ser mais agressivos no crescimento. Sobre eventuais novas Parcerias, a Widepartner diz estar “a explorar fatores-chave e possíveis oportunidades” a nível internacional. A prioridade é permanecerem “atentos às decisões estratégicas da Sage” e partirem daí, já que “o foco é contribuir para o seu progresso e consolidação de presença global”. A ideia é que à medida que a Sage cresce, a Widepartner consiga acompanhá-la.

 

Artigo publicado originalmente em ITChannel.