Eventos

Roadshow de apresentação terá início em Leiria

A formação de consultores digitais que vão criar uma rede de apoio ao comércio e serviços em Portugal, decorreu este mês em Fátima, e teve o apoio da Sage.

A formação, que teve uma duração de três dias, pretendeu garantir a capacitação de 80 consultores no âmbito do Programa Comércio Digital e contou com a presença do Secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres. A SAGE foi uma das empresas convidadas a participar na sessão, tendo a sua apresentação incidido sobre a oferta de software de faturação para pequenas e médias empresas, e como as empresas poderão evoluir e crescer com o apoio dos Sistemas de Informação.

 

Roadshow de apresentação terá início em Leiria

O Comércio Digital vai ainda promover um roadshow nacional com 150 sessões informativas, disponibilizar uma plataforma online com conteúdos formativos de capacitação para a economia digital e realizar estudos sobre negócios na internet, mercados online e novos consumidores. A primeira dessas sessões de informação, decorrerá no dia 6 de Fevereiro, no Teatro Miguel Franco, em Leiria e contará com a presença do Ministro-Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira.

De referir que as micro e PME que venham a aderir ao ComércioDigital.pt vão beneficiar de um voucher com um serviço gratuito “3em1” pelo período de um ano, que engloba a oferta de um domínio registado .pt, uma ferramenta de construção e alojamento de sites e caixas de correio eletrónico. Adicionalmente, os patrocinadores desta iniciativa proporcionarão acesso a outros serviços complementares de apoio à digitalização dos seus negócios.

 

O que é o programa Comércio Digital

O Programa Comércio Digital é uma iniciativa da ACEPI, em parceria com a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) e outros parceiros públicos e privados, entre os quais a Sage. O programa foi apresentado em 2018, conta com o apoio do Governo e o co-financiamento do COMPETE 2020, Portugal 2020 e União Europeia/FEDER. O seu objetivo principal é capacitar cerca de 50 mil microempresas e PME portuguesas da área do comércio e serviços para a economia digital, incentivando a digitalização dos seus negócios.

Mais informações aqui.