Tendencias

Gamification, vantagens para a empresa

Jogar sempre foi um recurso essencial para a aprendizagem. Parecia, no entanto, ser algo confinado às crianças. Hoje, o conceito de jogo (gamification) entrou em força no mundo empresarial tornando-se uma poderosa ferramenta de marketing. Saiba em que consiste e quais são as suas vantagens.

O que significa gamification? Trata-se de aproveitar as técnicas e a dinâmica do jogo em outras áreas. No caso das empresas, os jogos tornaram-se uma estratégia de marketing para motivar a participação, criar relacionamentos fortes com os clientes e reforçar a fidelidade.

O reinado da gamification explodiu há anos com as novas gerações que trazem a consola debaixo do braço. Aplicado ao mundo empresarial, o conceito dirige-se ao cliente externo e interno. No primeiro caso, trata-se de uma boa ferramenta para aumentar o número de seguidores nas redes sociais, aumentar as vendas ou fortalecer a imagem de marca, entre outras razões. No caso do cliente interno, é usado para melhorar o ambiente de trabalho, motivar os funcionários, promover a inovação, etc.

 

Alguns exemplos

Talvez o exemplo mais conhecido de como o jogo pode reforçar a imagem de uma marca e incrementar as vendas, seja o Starbucks Rewards, um programa de fidelidade baseado em jogos (gamified) que incentivam o uso de um aplicativo. O conceito é simples: o utilizador ganha pontos a cada vez que executar determinadas ações que, por sua vez, podem ser trocados por serviços. Por sua vez, a Nike + lançou um jogo associado ao running, em que os utilizadores recebem pontos se superarem os seus objetivos competitivos e partilharem um estilo de vida saudável.

A “gamificação” também é usada por setores que, em princípio, se poderia pensar que não encaixam no conceito de “jogo”. Por exemplo, o BBVA Game, lançado em 2013, é um jogo em que o banco conseguiu multiplicar os seus clientes, tornando o uso dos seus serviços bancários online mais divertidos e atraentes. Outro exemplo é o laboratório farmacêutico MSD, que confrontado com a elevada taxa de abandono dos cursos internos de formação, conseguiu torná-los mais atrativos através da gamificação.

 

Algumas vantagens

  • Crie um diálogo e confiança: o jogo é uma boa desculpa para gerar, de forma divertida, uma verdadeira relação bilateral com os clientes. Ser capaz de criar esse diálogo com os utilizadores da marca permite saber o que esperam de nós e quais são as suas necessidades.
  • Barómetro para lançamentos: este diálogo também pode evitar o lançamento de serviços ou produtos que não seriam bem-vindos ou, ao contrário, apostar naqueles que têm maior probabilidade de êxito, algo que pressupõe uma enorme economia de tempo e recursos.
  • Lealdade do cliente: o jogo é uma boa técnica para tentar criar um verdadeiro vínculo com os clientes através de uma interação contínua, envolvendo-os na empresa e fazendo com que eles se sintam parte da marca.
  • Melhorar o nosso SEO: através de jogos online, encorajamos e melhorar as interações dos clientes com o nosso site ou redes sociais e, desta forma, aumentamos o tráfego e o nosso posicionamento no mecanismo de busca do Google.